Anticorpo Monoclonal anti-CD38

Foi apresentado na reunião anual da Sociedade Americana de Hematologia (ASH) em São Francisco, no dia 8 de Dezembro de 2014, um estudo experimental sobre o uso de anticorpos no Mieloma Múltiplo pelo Dr. Thomas Martin, da Universidade de California.

A adição de um anticorpo monoclonal anti-CD38, adicionado às terapêuticas convencionais, poderá ser uma estratégia eficaz segundo indicam as investigações. Este anticorpo liga-se a um antigénio que se expressa na superfície dos plasmócitos atacando-os. Foi usado em doentes em recaída ou refractários e a resposta global, com terapêutica combinada foi de 62.5%. O Dr. Martin afirmou que estes anticorpos anti CD-38, bem como outros dois que estão em estudo, serão grandes adições à terapêutica actual. Contudo, outros médicos, como o Dr. Brad Kahl, da Universidade de Wisconsin, pensam que ainda é cedo para tirar estas conclusões.